O mandamento é viver bem

quarta-feira, 19 de maio de 2010


Desde os primórdios da humanidade, os homens vêm buscado métodos os quais os tornem “especiais” ou “melhores” para terem um relacionamento com Deus. Alguns adotaram a idéia de se separarem da sociedade para não se corromperem, pois a sua compreensão é de que se separando ou isolando-se obteriam um relacionamento com o Divino. Outros buscaram e buscam ver a vida hoje como algo sem valor, pois esta é passageira e o que importa é cuidar do espírito para a vida após a morte.
Nietzsche preconiza a vida, do contrário dos cristãos contemporâneos seus que a desvalorizam colocando a sua expectativa na vida após a morte, e titulando algumas atitudes naturais como pecado ou tributária do diabo, ou seja, eles classificaram a vida em dicotomias; ou é de Deus ou do diabo, ou bom ou ruim, excluindo todas as possibilidades de que na vida não se tem uma(s) opção(ões) natural, exemplo disso é o individuo tomar banho de praia, é de Deus ou do diabo? Alguns cristãos classificam do diabo, pois se tem o prazer no ato. Jesus Cristo executou aqui na terra o modo de como se ter um relacionamento com Deus, ELE mostrou que para se ter um relacionamento com o Divino não precisa ser “divino” ou se sentir melhor que o outro, porém bastando ser um ser humano, executando o fruto do espírito que não é nada “transcendental” para o alcance humano. Não discordo de ovacionar a vida pós a morte, do contrario devemos viver na expectativa, porém não desvalorizando a vida aqui na terra e sim ter a consciência de que a vida em cristo ou com cristo começa aqui, contudo é preciso entender que esta vida não e só da dicotomia, mas também do “entre”, ou seja, se existe o desejo de comer melancia não precisa classificar se é algo bom ou ruim, se é de Deus ou não, pois existe a naturalidade da vida. Cristo chamou a todos para ser seres humanos, pois o mundo estava perdeu a sua identidade, e estavam num processo de desumanização ou estavam querendo ser divinos ou anjos, contudo se observarmos a vida com Cristo, esta se resume em amar. Observando o fruto do espírito que está escrito em gálatas 5:22, dependendo totalmente de Deus, e sendo ELE que nos capacita.
O mandamento é viver bem.


Rafael de Q. Torres...

Um comentário:

Gaby Queiroz disse...

Gostei das suas ideias em relação a dicotomia...
Nunca gostei desse negoço bifurcado e seu texto trouxe essa realidade bem enfatizada...
gostei muito, parabéns pelo texto..

Beijos

Postar um comentário

"Examinai tudo. Retende o que é bom.”
- I Tessalonicenses, 5:21 -

O Senhor e Rei eterno
 

Browse

Total de visualizações de página